Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Campo da FADEUP integra rede de equipamentos desportivos municipais
03-01-2017

A partir deste mês de janeiro e durante os próximos dez anos, a Câmara do Porto passa a incluir mais um campo de futebol de 11 na sua rede de equipamentos desportivos municipais, na sequência de um protocolo estabelecido entre a autarquia e a Universidade do Porto.


Por força deste acordo, o campo sintético da Faculdade de Desporto (FADEUP), localizado no Polo II da Universidade do Porto, na Asprela, passará a estar sob gestão da empresa municipal PortoLazer no período pós-letivo, possibilitando a sua utilização por agentes desportivos da cidade durante o fim de semana e de segunda a sexta-feira no período noturno, a partir das 19,30 horas.


"Sabemos o défice que o Porto ainda tem no que se refere à oferta de equipamentos desportivos, pelo que este é mais um importante passo que estamos a dar no sentido de garantir a máxima rentabilização dos recursos que já existem na cidade", reconheceu Rui Moreira durante a visita que realizou, esta terça-feira, ao complexo da Faculdade de Desporto da Universidade do Porto, considerada recentemente a 23º melhor escola de Desporto do mundo e a décima da Europa.


"O protocolo que hoje aqui assinalámos com a Universidade do Porto faz, por isso, todo o sentido, porque nos permite rentabilizar mais este ativo através de um investimento mínimo, a exemplo, aliás, do que já fizemos com o Campo do Pasteleira e também com o INATEL", destacou o presidente da Câmara do Porto.


A rentabilização deste novo equipamento fora do horário letivo permitirá que, já a partir deste mês de janeiro, o sintético da FADEUP passe a ser utilizado pelos vários escalões de formação do Sport Comércio e Salgueiros, num total de mais de 300 jovens, que atualmente estavam dispersos por vários locais e que, assim, passam a poder treinar na freguesia onde o histórico clube da cidade está sediado.


Por força deste protocolo, a Câmara do Porto garante a colocação de torres de iluminação no campo da FADEUP, num investimento que ronda os 50 mil euros, enquanto a PortoLazer assume as despesas mensais inerentes à manutenção do campo e utilização dos balneários.


Recorde-se que, em apenas dois anos, a autarquia do Porto conseguiu duplicar a oferta da sua rede municipal de campos, agora composta pelos campos de futebol de Campanhã, Viso, Polidesportivo dos Choupos, INATEL e FADEUP, a que se soma a utilização de 15 horas semanais nos requalificados campos do Pasteleira.