Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Campanha "Neste Verão, Sol com moderação" vai do Porto para todo o país
04-07-2018

As praias do Porto são o ponto de partida da carrinha de sensibilização para as cuidados a ter com o sol durante este verão. Rosa Mota e Jorge Gabriel ajudam a dar ao motor de arranque para uma viagem que começa no próximo sábado e passará por todo o país, não se limitando a banhistas mas indo também junto de desportistas, agricultores e trabalhadores da construção civil. 


A Associação Portuguesa de Cancro Cutâneo (APCC) organiza neste verão uma campanha de alerta em relação aos cuidados a ter com o sol, tanto em férias como no trabalho, contando para isso com uma carrinha que vai percorrer, pela primeira vez, todo o país de Norte a Sul, durante o mês de julho.


Levando a mensagem "Neste Verão, Sol com moderação.", o veículo visitará praias marítimas e fluviais, do litoral ao interior, bem como locais de trabalho ao ar livre, indo junto de trabalhadores da construção civil e da agricultura.


A partida desta iniciativa, que tem o apoio da Sociedade Portuguesa de Dermatologia e Venereologia (SPDV) e Direção Geral da Saúde (DGS), é feito pelas 10,30 de sábado na Avenida do Brasil (junto à Pérgola), onde estarão o dermatologista Osvaldo Correia, que preside à APCC, a ex-atleta olímpica Rosa Mota e o apresentador de televisão Jorge Gabriel. Juntamente com vários dermatologistas, apresentarão a campanha, lembrando a incidência elevada e crescente dos cancros da pele, a necessidade de melhor proteção no desporto ao ar livre e no trabalho e ajudando a promover o autoexame (explicando como, onde e porquê?) para identificar o mais precocemente possível eventuais cancros da pele que podem ocorrer mesmo em idade de adulto jovem, muitas vezes pelos exageros cumulativos de exposição exagerada e inadequada ao sol.


Entre os principais cuidados a ter com o sol apontados pela APCC estão:

- Uso adequado do chapéu

- Roupa que proteja o decote, braços e antebraços

- Óculos escuros

- Uso de protetor solar de índice igual ou superior a 30, mas em textura de creme ou leite, evitando os protetores solares muito fluidos, invisíveis ou em espuma que, podendo afirmar-se de proteção muito elevada e resistentes à agua, podem na prática não conferir as proteções referidas e muito menos de caráter prolongado

- Evitar a exposição nas horas de maior risco, em particular entre as 11 e as 17 horas, sobretudo nos dias com índice de UV elevado.


A APCC aconselha ainda a consulta do site www.ipma.pt e lembra que "podem existir índices de UV elevados, mas as temperaturas não serem altas, conferindo maior risco de queimadura solar ou agressão significativa mesmo sem queimadura".


Aproveite para saber mais sobre como prevenir e como fazer o autoexame em: www.apcancrocutaneo.pt e www.euromelanoma.org .