Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Câmara vai reabilitar imóvel em Carlos Alberto para arrendamento acessível
03-09-2020
O programa municipal de arrendamento acessível prossegue a sua investida no centro da cidade e chega agora ao Quarteirão Carlos Alberto, local onde um prédio pertença da empresa municipal Porto Vivo, SRU irá dar lugar a mais três frações habitacionais, após obras de reabilitação.

O concurso público da "Reabilitação da Parcela 14 do Quarteirão Carlos Alberto", lançado em agosto, aceita propostas para a execução da empreitada até dia 8 de outubro.

Esta operação, localizada próxima ao Teatro Carlos Alberto, na confluência da Rua de Sá Noronha com a Rua das Oliveiras (Rua de Sá Noronha 149-153), abrange concretamente a reabilitação de um prédio com uma área total aproximada de 200 metros quadrados, da qual resultará a disponibilização de três fogos de tipologia T0, para integrar o programa municipal de arrendamento acessível, e ainda a constituição de uma fração comercial no rés-do-chão.

O projeto de arquitetura, elaborado pela Porto Vivo, SRU, assegura a reabilitação dos principais elementos construtivos do prédio, com manutenção integral do seu valor patrimonial, valorizado e adaptado a uma vivência moderna.

A disponibilização de casas no centro da cidade, sobretudo direcionada para jovens famílias, já resultou na entrega das primeiras chaves no Morro da Sé aos novos moradores, zona aliás onde o Município do Porto dá continuidade ao programa, com mais uma operação de reabilitação em agenda.

O preço base do concurso público (publicado na II.ª Série do Diário da República n.º 157/2020, a 13 de agosto) para a "Reabilitação da Parcela 14 do Quarteirão Carlos Alberto", é de 225 mil euros. Quando apurado o vencedor, o prazo estimado para a conclusão da obra de 240 dias.