Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Câmara reabilita ringue desportivo da Associação de Moradores da Lomba
28-03-2018

Rui Moreira visitou esta tarde o recém-requalificado polidesportivo exterior da Associação de Moradores da Lomba, no Bonfim. A obra, integralmente assumida pela Câmara do Porto, rondou os 35 mil euros e ficou pronta num curto espaço de tempo.


Entre o final da Rua de Vera Cruz e a Travessa da Lomba, na freguesia do Bonfim, um polidesportivo ganhou nova vida graças à intervenção do Município. Propriedade da Associação de Moradores da Lomba, o equipamento - muito frequentado pelos mais jovens para treinos de futsal ou simplesmente utilizado para jogos de futebol mais amadores - necessitava de obras de recuperação urgentes.  


Para o presidente da Câmara do Porto - que nesta visita se fez acompanhar por Fernando Paulo, responsável pelo Pelouro da Habitação e da Coesão Socia; Cristina Pimentel, responsável pela Mobilidade; José Manuel Carvalho, presidente da Junta de Freguesia do Bonfim; e Barbosa Pinto, vice-presidente da Domus Social - este é um exemplo vivo da "pequena reabilitação que se pode fazer na cidade", que convoca "o envolvimento dos moradores".
Aliás, frisou, só foi mesmo possível para o Município avançar com esta intervenção, considerando que Associação de Moradores da Lomba se responsabilizou de zelar pelo equipamento e pelo espaço envolvente, que inclui um jardim nas traseiras que, antes da empreitada, "estava a ser mal frequentado" e vandalizado, admitiu Serafim Faria, um dos dirigentes da associação.

"Estamos num dos bairros mais emblemáticos do Porto e onde os moradores têm uma associação mais intensa e ativa, o que naturalmente também nos ajudou a fazer este tipo de obras", afirmou Rui Moreira. No programa de obras, assinalou-se a substituição de pavimento desportivo em relva sintética; a reparação de muros de vedação, incluindo pintura; a reparação/substituição da vedação do recinto desportivo; o alargamento da rampa de acesso; a substituição de pavimento na zona de acesso ao recinto incluindo a zona de estacionamento; e a revisão de drenagem de águas pluviais.

Com esta empreitada, que se iniciou em novembro de 2017 e em poucos meses ficou concluída, foi então possível dar resposta a mais dois constrangimentos assinalados por Rui Moreira: a falta de estacionamento para os moradores (consequência da colocação necessária de pinos na Rua de Vera Cruz) e a proteção do jardim, através também da sua reabilitação.

"Pode dizer-se que esta é uma parceria público-privada entre a Câmara do Porto e a Associação de Moradores da Lomba". Admitindo que o custo da obra não foi elevado, Rui Moreira sublinhou ainda o facto de toda a operação ter sido assegurada por recursos próprios do Município e da Domus Social.

Do lado da Associação de Moradores da Lomba, Serafim Faria quis agradecer ao presidente da Câmara a rapidez com que resolveu o problema: "Foi uma das promessas que o senhor presidente nos fez. Como não poderia esperar outra coisa, cumpriu-a e deu-nos uma grande alegria".

E, como confessou Rui Moreira, tudo começou por causa de um sinal de trânsito "mal colocado" que o obrigou a visitar o local, após o alerta dado pelo presidente da Junta de Freguesia do Bonfim, José Manuel Carvalho. "Quando cá vim por causa de outro assunto, vi logo o estado do ringue e inteirei-me da situação", rematou.