Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Câmara prepara celebração dos 200 anos da Revolução Liberal e pondera adquirir casa de Almeida Garrett
26-03-2019

Rui Moreira anunciou na reunião de Executivo desta manhã que o Município está a preparar a comemoração dos 200 anos da Revolução Liberal de 1820, com exposições e uma série de colóquios. Na mesma sessão, foi aprovada por unanimidade uma proposta da CDU para que a autarquia pondere a aquisição da casa onde nasceu Almeida Garrett para ali criar o Museu do Liberalismo.


O presidente da Câmara do Porto revelou que a autarquia está a preparar "comemorações condignas do aniversário da Revolução Liberal" de agosto de 1820, no próximo ano, nomeadamente com a realização de colóquios nacionais e internacionais e uma exposição que poderá vir a servir de "base" ao acervo do eventual museu, a ser criado caso o Município venha a adquirir a casa onde nasceu o escritor e político Almeida Garrett, um dos maiores vultos do liberalismo e do romantismo.


"Vamos primeiro perceber o valor que a casa tem; depois, contactar os proprietários e perceber até que ponto conseguiremos chegar a um bom desfecho", afirmou Rui Moreira em relação à proposta da vereadora Ilda Figueiredo, que reuniu o consenso do Executivo.


Nesse sentido, avançou, será solicitada uma avaliação externa "para saber o valor comercial" do imóvel, localizado na zona da Vitória. Supondo que o mesmo está ocupado, Rui Moreira disse ainda que será necessário ver "até que ponto é possível chegar a acordo com os senhorios e inquilinos". "Parece-me bem que possamos investigar este assunto", observou. 


O vereador do PSD, Álvaro Almeida, referiu que foi "com muito agrado" que ouviu Rui Moreira informar sobre o que o Município está a preparar para a celebração dos 200 anos do liberalismo. "Acho fundamental que o Porto comemore as suas raízes como cidade de liberdade", analisou.

Sobre a proposta de aquisição do edifício, entendeu que será uma "boa utilização dos recursos da Câmara, desde que seja a um preço razoável".


Do PS, o vereador Manuel Pizarro classificou a proposta da CDU como "muito adequada" por celebrar Almeida Garrett, "uma grande figura relativamente maltratada pela cidade".


A proposta de recomendação, aprovada por todo o Executivo, defende a aquisição da casa onde nasceu Almeida Garrett há 220 anos, na Rua do Dr. Barbosa de Castro, ali instalando "um polo do Museu do Liberalismo".


Entretanto, durante o debate, Rui Moreira revelou que o grupo de trabalho para as comemorações do aniversário da Revolução Liberal é presidido pelo constitucionalista e professor universitário Vital Moreira.