Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Câmara poupou energia e reduziu emissões de CO2 com iluminação LED
07-07-2017

A operação "Porto.Luz + Eficiente", o programa de eficiência energética na iluminação pública da autarquia, traduziu-se, em ano e meio, em reduções significativas dos consumos de energia elétrica e das emissões de dióxido de carbono (CO2).


Foi já no final de 2015 que, ao abrigo do programa, a Câmara iniciou os trabalhos de substituição de 2.483 luminárias por tecnologia LED em vários arruamentos da cidade. Com a intervenção promoveu-se a eficiência energética na iluminação pública, a diminuição dos custos de exploração e a redução das emissões de gases de efeito de estufa correspondentes.


Desde o 1 de janeiro de 2016 a 30 de junho de 2017, a operação traduziu-se numa diminuição do consumo de energia elétrica em 2.037.633 kWh. Cumulativamente, assistiu-se à redução de energia primária (438,1 tep) e das emissões de CO2 em 957,7 toneladas.


A operação incidiu na substituição de luminárias convencionais, equipadas com lâmpadas de vapor de sódio de alta pressão, mais antigas e de menor eficiência. Costa Cabral, Damião de Góis, Amial, S. Roque da Lameira, Eng.º Ferreira Dias, Lidador ou marginal do Freixo são exemplos de arruamentos abrangidos pela intervenção.


O projeto POVT "Poto.Luz+Eficiente" é desenvolvido pela Câmara com a colaboração da AdEPorto e responde à Estratégia para a Eficiência Energética - PNAEE 2016, mais especificamente no que se refere à iluminação pública eficiente.