Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Projeto Marionetas vai continuar
05-04-2016

Rui Moreira esclareceu hoje na reunião de executivo que a Câmara está a trabalhar com o Teatro das Marionetas numa solução para manter na cidade aquela infraestrutura cultural. O museu terá de abandonar em setembro o número 22 na Rua das Flores, mas a solução a que se refere o presidente da Câmara garante a presença do Museu no centro histórico.


A CDU levou uma recomendação à Câmara do Porto, no período antes da ordem do dia, pedindo que o executivo tome "todas as diligências" para que o espaço se mantenha na cidade, contudo, Rui Moreira garantiu que essa questão não se coloca e que as marionetas vão continuar no Porto.


"Temos tido várias reuniões com a direção do museu e o que posso garantir é que está encontrada a solução para o problema", disse o autarca. "A Câmara do Porto disponibilizou recursos e espaços para solucionar a situação de forma viável, quer do ponto de vista financeiro, quer do ponto de vista programático, porque as duas coisas têm que se articular", explicou Rui Moreira.


O presidente da Câmara disse que a solução foi encontrada a 17 de março e é do conhecimento da direção do Museu das Marionetas e que passa por uma coprodução com vista à dinamização de um espaço municipal que vai possibilitar a continuidade do projeto em dois pólos museológicos: um na Baixa e, outro, em Campanhã. Não quis, contudo, adiantar os locais, pois carecem ainda de visitas dos responsáveis daquela estrutura cultural para viabilização.



O Museu de Marionetas do Porto era um sonho do fundador do Teatro de Marionetas do Porto, João Paulo Seara Cardoso, que morreu em 2010, sem ver o espaço aberto. Depois de trabalhos profundos de recuperação do edifício da Rua das Flores, o museu abriria portas em 2013. Neste momento, e até 25 de setembro, o museu apresenta a exposição "Make Love, Not War", título de um espetáculo de rua encenado por Seara Cardoso. Esta será a última exposição na Rua das Flores.