Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Câmara quer Castelo do Queijo (com vídeo)
29-01-2015

O Governo quer vender edifícios do Ministério da Defesa no Porto, mas Rui Moreira não quer que, pelo menos dois deles, sejam comprados por privados e está disposto a permutá-los com o Estado Central. O autarca revela que já falou com o Governo no sentido de dar à Câmara Municipal do Porto a possibilidade de ficar com os imóveis por permuta, destacando-se o interesse pelo Castelo do Queijo que diz estar "no imaginário dos portuenses".


Rui Moreira, que admitiu estar a negociar com o Governo, justifica que "O Forte de São Francisco Xavier, a que chamamos Castelo do Queijo, é um imóvel de interesse para a cidade e entendemos que deve ficar no domínio público, neste caso, municipal", lembrando que o forte "faz parte do nosso imaginário e os portuenses não gostariam de o ver privado". O presidente da Câmara Municipal do Porto revelou ainda que a Câmara também estás disposta a permutar o velho quartel de São Brás, atualmente nas mãos do Estado, pelas instalações existentes em Serpa Pinto e propriedade da Câmara, garantindo que já vinha falando com o Ministério da Defesa há algum tempo, mas que, assim que soube da intenção de vender o Castelo do Queijo entrou de imediato em contacto com a Secretaria de Estado, para demonstrar interesse.


O presidente da Câmara acha, contudo, "natural" que as Forças Armadas se queiram modernizar e que muitos dos seus edifícios já não sirvam e faça sentido desafetá-los, mas não quer que alguns desses edifício no Porto deixem de ser do domínio público.


Atualização: declarações de Rui Moreira em vídeo