Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Câmara do Porto já tem quatro hortas municipais a funcionar em pleno
31-10-2016

A Câmara do Porto continua a alargar a sua rede de hortas municipais. A mais recente foi inaugurada este fim de semana na zona da Lada, mas está prevista a abertura de mais uma (da Oliveira), situada nas proximidades da Escola EB do Falcão, em Campanhã. Atualmente o Município tem em funcionamento quatro hortas municipais (Aldoar, Condominhas, Lada e Vilar).


Com a inauguração da Horta da Lada, que contou com a presença do vereador da Inovação e Ambiente, Filipe Araújo, foram também distribuídos talhões aos novos utilizadores. Esta ação insere-se na política ambiental seguida pelo atual Executivo, contribuindo para a segurança alimentar dos cidadãos com a utilização mínima de recursos públicos.


O próximo passo deste programa será a disponibilização de uma área hortícola na freguesia de Campanhã (na proximidade da Escola EB do Falcão), com cerca de 4.600 m2. Serão criados aproximadamente 90 talhões que servirão 90 hortelãos. Até ao final do ano, em parceria com a LIPOR, serão administradas as ações de formação de Agricultura Biológica aos novos utilizadores, prevendo-se que no início de 2017 atinja a plena produção.


O Porto continuar a ser uma cidade ambientalmente consciente e, nessa medida, o Município continuará a investir num programa de educação/sensibilização para a sustentabilidade, a fim de contribuir para uma mudança de comportamentos com feitos geracionais e com elevado comprometimento com o cidadão. Neste campo de ação, o objetivo passa por alargar a rede de hortas municipais. A estratégia assumida visa celebrar parcerias com entidades públicas e privadas, a assumindo a Câmara do Porto um papel mediador/apoio técnico, passando a gestão para o parceiro LIPOR. 


No âmbito do projeto Horta à Porta foi também concluída a última ação de formação em Agricultura Biológica, que possibilita a ocupação das novas hortas de Vilar e da Lada. Tendo também a participação dos utentes da Horta da Faculdade de Ciências e Educação da Universidade do Porto, esta ação foi composta por quatro sessões, em que se procurou habilitar os utentes das hortas com conhecimentos sobre como cultivar, usando as práticas agrícolas biológicas mais sustentáveis.