Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Câmara do Porto está a restaurar monumento criado por José Rodrigues
10-09-2016
A Câmara do Porto estava a iniciar a recuperação do Monumento ao Empresário, criado pelo escultor José Rodrigues. A empreitada, lançada pela Águas do Porto está já em curso e visa restaurar o monumento a tempo das comemorações dos 80 anos do artista, que se celebram a 28 de outubro. Paralelamente, a Fundação José Rodrigues "Fábrica Social" estava também a preparar uma exposição cuja data da inauguração estava já marcada para 17 de outubro.

  • Criado em 1992 por José Rodrigues, escultor nascido em Angola, radicado no Porto e hoje falecido aos 79 anos, o Monumento ao Empresário está a ser alvo de profunda intervenção e está situado entre as Avenidas Marechal Gomes da Costa e da Boavista. Compõe-se de uma esfera em mármore Estremoz raiado, com 3,5 metros de diâmetro; um prisma irregular com 20 metros de altura e uma base irregular equilatera de 6 metros de lado; um prisma irregular com 10 metros de altura e uma base irregular equilatera de 5 metros de lado; uma pirâmide de 4 metros de altura e uma base triangular equilatera de 1 metro de lado. O conjunto é animado com efeitos de água e luz.

O escultor faleceu esta manhã num hospital da cidade do Porto, onde se radicou e à qual dedicou grande parte da sua vida e da sua obra e onde criou a sua própria fundação. A "Fábrica Social" recebeu, entre dezembro de 2015 e fevereiro de 2016, a exposição "Eugénio de Andrade - José Rodrigues, Retrato de uma Amizade", com o apoio da Câmara do Porto.José Rodrigues nasceu em Luanda, Angola e tinha 79 anos. A Câmara do Porto já decretou dois dias de luto municipal.


A "Fábrica Social" está situada na freguesia de Santo Ildefonso e era uma antiga fábrica de chapéus, que José Rodrigues transformou no seu ateliê durante 20 anos, antes de instalar a fundação com o seu nome. O edifício integra ateliês, salas de exposições, permanentes e temporárias, e um auditório.


José Rodrigues realizou os seus estudos na Escola Superior de Belas-Artes do Porto onde concluiu o curso de Escultura. Com Armando Alves, Ângelo de Sousa e Jorge Pinheiro constituiu, em 1968, o grupo "Os Quatro Vintes". Foi um dos fundadores da Cooperativa Cultural Árvore, no Porto, e um dos promotores da Bienal de Vila Nova de Cerveira.


Entre as obras mais conhecidas de José Rodrigues destaca-se o cubo da Praça da Ribeira.