Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Câmara do Porto com planos para construir novos parques de estacionamento nos eixos periféricos
01-03-2017

O vereador da CDU na Câmara do Porto, pediu hoje em reunião de executivo que a autarquia construa mais parques de estacionamento nos extremos da cidade para incentivar a utilização de transportes públicos no perímetro urbano e evitar congestionamentos na zona central. Mas foi informado pela vereadora da mobilidade que o plano já se encontra feito e publicado e que consta do PEDU - Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano (PEDU), aprovado pela autarquia e que serve de base às candidaturas a fundos comunitários. Face ao esclarecimento, o vereador comunista retirou a proposta de recomendação.


"Esse trabalho está feito e prevê 643 mil euros para dois parques de apoio à rede do Metro do Porto", esclareceu Cristina Pimentel, acrescentando que "um deles é em Salgueiros e até já tem terreno, e outro no eixo Sete Bicas - Ramalde. Para  a Câmara não parece viável que o Porto ofereça mais estacionamento neste regime de Park & Ride, que permite estacionar o carro nos centros urbanos a um custo reduzido".



Cristina Pimentel referiu que estes dois parques estão previstos também no âmbito do Plano de Ação para a Mobilidade Urbana Sustentável (PAMUS) e que na rede de Metro do Porto "existem 32 parques de estacionamento, sendo que o do Dragão dispõe de 840 lugares e tem um custo de 95 cêntimos por 12 horas.".


Também o projeto para o Terminal Intermodal de Campanhã, cujo concurso já está concluído, prevê um parque de estacionamento, com mais de 260 lugares, bem como, "em sede de PEDU, é proposto um interface no Hospital de S. João com parque".


"Tendo em conta a informação revelada", Pedro Carvalho retirou a sua proposta de recomendação.