Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Câmara anuncia projeto de requalificação urbana do largo de Cadouços na Foz
01-02-2017

O Largo do Capitão Pinheiro Torres de Meireles, mais conhecido como largo de Cadouços, na zona da Foz, vai sofrer uma importante intervenção de requalificação urbana.


Trata-se de um espaço emblemático, numa zona vital da Foz, com enorme potencial urbanístico e ambiental. Ao longo dos anos, tem sido sacrificado pela pressão da procura do estacionamento de carácter residencial, de serviço ao comércio local (principalmente da Rua Senhora da Luz) e durante a época balnear.




A Câmara do Porto decidiu, por isso, lançar um concurso de requalificação desta zona, executando um estudo de uma solução edificada em subterrâneo que visa descomprimir a pressão de estacionamento à superfície, permitindo a requalificação do espaço público, nomeadamente do jardim, e assegurar os aspetos funcionais relativos à mobilidade, por exemplo, com o alargamento das faixas de rodagem e dos passeios.


Do estudo resultará um concurso de construção e exploração de um parque subterrâneo, com três a quatro níveis de estacionamento, com integração cuidada dos elementos de ligação à superfície. O parque terá capacidade aproximada de 240 lugares. A autarquia prevê lançar o concurso entre março e abril deste ano.


O valor aproximado da intervenção é de 3 milhões de euros, suportados integralmente pelo concessionário.


O projeto a executar é da responsabilidade da Câmara do Porto, assegurando-se dessa forma a inexistência de riscos. Os prazos de execução e o tempo de exploração são variáveis e dependem do concurso.


Está previsto o início da construção para o último trimestre de 2017 e a abertura do parque ao público até ao verão de 2018.


Esta intervenção insere-se num plano de requalificação e reordenamento de toda a zona da Foz, nomeadamente com a obra em curso na Rua Coronel Raúl Peres, que passará a ter trânsito nos dois sentidos, aliviando a circulação na Rua de Nossa Senhora da Luz, que continuará a ter circulação automóvel.