Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Câmara avança para construção do novo Centro de Saúde de Ramalde
23-09-2016

A Câmara do Porto e o Ministério da Saúde assinaram hoje, nos Paços do Concelho, um memorando de entendimento para construção do novo Centro de Saúde de Ramalde, obra que deverá ter início no primeiro semestre de 2017, de modo a que o equipamento possa começar a ser utilizado pelos utentes no primeiro semestre de 2018. A autarquia do Porto é também a primeira a avançar para a assinatura de uma Carta de Cuidados de Saúde com o Governo, que estabelece compromissos e calendários para os próximos investimentos. Seguem-se Campanhã e a Batalha.

 

"Até ao fim de 2018 teremos melhorado radicalmente as condições de acesso dos portuenses aos cuidados de saúde primários", garantiu Rui Moreira, para quem "ao proceder desta forma estamos a honrar um dos compromissos do nosso programa eleitoral, o de promover a coesão social. E estamos a mostrar, por atos e não apenas por palavras, que defendemos o Serviço Nacional de Saúde (SNS)".

 

O ministro da Saúde congratulou-se, por seu turno, por esta "parceria, que pode ser replicada no país. Um caminho de descentralização, de partilha, de reforço das competências municipais na área da saúde".

 

A Câmara assume o encargo de construir a nova Unidade de Saúde de Ramalde. Por seu turno, o Ministério da Saúde compromete-se a requalificar a Unidade de Saúde da Batalha e a construir o novo Centro de Saúde de Campanhã. "Num futuro próximo esperamos apresentar a solução para a Unidade de Saúde de Azevedo, também em Campanhã", revelou Rui Moreira.

 

O novo Centro de Saúde de Ramalde ficará localizado num prédio urbano, propriedade do município, junto às ruas D. Estevão da Gama e D. Diogo de Noronha. Todas estas intervenções constam da Carta de Equipamentos de Cuidados de Saúde Primários do Porto, cujo protocolo de colaboração foi hoje também assinado entre o Município e a Administração Regional de Saúde do Norte.