Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Bernardo Pinto de Almeida apresenta Arte e Infinitude
28-11-2018
A Livraria da Fundação de Serralves acolhe hoje, pelas 18,30 horas, a sessão de lançamento do livro "Arte e Infinitude" de Bernardo Pinto de Almeida, uma coedição daquela fundação e da editora Relógios d'Água.

Esta publicação surge a convite da Fundação de Serralves, na sequência das conferências com o mesmo título ali proferidas por Bernardo Pinto de Almeida, entre novembro de 2017 e março de 2018.

Trata-se de um ensaio que desenvolve até à contemporaneidade a investigação começada pelo autor com "O Plano de Imagem" (1996), cujo propósito foi elaborar uma "arqueologia da modernidade".

Poeta e ensaísta, Bernardo Pinto de Almeida (Peso da Régua, 1954), Prémio AICA/Fundação Gulbenkian de Crítica de Arte em 1983, é professor catedrático de Teoria e História da Arte na Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto, foi diretor artístico da Fundação Cupertino de Miranda e membro da administração da Fundação Berardo em representação do Estado. Como comissário independente, organizou mais de uma centena de exposições em museus e instituições em Portugal e Espanha e prefaciou mais de cinco centenas de catálogos em diversos países. Entre as suas principais obras publicadas, destacam-se cerca de uma dezenas de livros de poesia e mais de uma dúzia de ensaios, além de vários títulos de literatura infantil.