Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Baixa está preparada para um Natal mais animado e em segurança para todos
13-12-2018

A acrescida afluência à Baixa nos dias que rodeiam o Natal levou o Município a preparar uma série de medidas que visam estabelecer um ambiente de segurança e facilitar a circulação de peões nas principais zonas comerciais e de animação.


À semelhança dos anos anteriores, o plano foi estabelecido pela Câmara do Porto em estreita colaboração com as forças de segurança, de socorro e de emergência médica, envolvendo também os transportes públicos e os comerciantes. Tendo em conta que os múltiplos locais de atração natalícia e as habituais compras da quadra levam ao centro da cidade milhares de pessoas, foi dada especial atenção à zona da Baixa tradicional por forma a enquadrar os mercados de Natal na Praça da Batalha, o circo no Coliseu Porto Ageas, a pista de gelo na Praça de D. João I, a Árvore de Natal gigante na Avenida dos Aliados e as zonas comerciais mais procuradas, desde logo as que envolvem as ruas de Santa Catarina e de Sá da Bandeira.


Ao mesmo tempo, o aumento também natural e habitual da utilização de automóvel para aceder ao centro da cidade traz consigo acrescidas preocupações de segurança também para com os peões. Por isso, uma das medidas tomadas foi a decisão de reservar para eles a Rua de Passos Manuel nas tardes dos sábados e domingos de dezembro, entre as 14 e as 20 horas. Até porque a confluência desta rua com a de Santa Catarina é um dos locais mais pressionados pela concentração de pessoas que andam preocupadas com as compras e/ou acompanhadas com crianças a caminho das diversões típicas desta altura do ano, correndo assim o risco de mais facilmente serem surpreendidas pelos veículos automóveis.


Assim, aquele e outros condicionamentos pontuais de trânsito, devidamente sinalizados e com acompanhamento pela Polícia Municipal, estabelecem como prioridade a segurança das pessoas.


Todo este planeamento, associado ao conselho redobrado para utilização preferencial dos transportes públicos por razões de conforto, facilidade e até ambientais, respeita o esforço do Município para que o Natal seja, efetivamente, um período de alegrias, diversões e convívio em que todos podem usufruir da cidade e sentirem-se seguros no Porto.