Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Atualidade da tragédia grega vai ao palco do TeCA
09-04-2019
O Teatro Carlos Alberto (TeCA) estreia na próxima quarta-feira, 10 de abril, um espetáculo que tem como foco a atualidade da tragédia grega, mostrando que temas "novos" são afinal muito antigos.

"Pathos" fala de feminismo, ecologia, globalização, aquecimento global, colonização, identidade, saque, extração e necropolíticas, assuntos contemporâneos que já estavam a fermentar desde a época de Péricles.

Resultado de uma coprodução entre a Estrutura e o Teatro Nacional São João, este "espetáculo-ruína" foi criado por Cátia Pinheiro e José Nunes, com a colaboração dramatúrgica de Diogo Bento. A estreia acontece pelas 21 horas de 10 de abril e pode depois ser visto à mesma hora na quinta e na sexta-feira, tendo a última apresentação às 19 horas de sábado.

"Pathos é uma tragédia grega que nos provoca um desejo imediato de vandalizar esse legado histórico ocidental. Incendiá-lo. Derrubá-lo. Reduzi-lo a cinzas como fizeram à cidade de Troia. Ao mesmo tempo, paradoxalmente, essa herança fascina-nos e rapta-nos para dentro do seu universo de referência, qual síndrome de Estocolmo", referem os criadores no programa de sala.

Bilhetes a 10 euros. 
+Info: TNSJ