Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Fogo de artifício em honra do São João fez juz à festa que segue noite dentro
24-06-2019

Antes das doze badaladas, já as margens do Porto e de Gaia pré-anunciavam com burburinho intenso o momento mais aguardado da noite de São João. O tradicional fogo de artifício deixou milhares de pessoas de narizes no ar - ou melhor - de olhos postos no céu para ver um espetáculo piromusical repleto de cor, ritmo, luzes, música e, este ano, com uma forte componente multimédia. Assista ao vídeo.


Sob o tema "São João Glorioso", o fogo de artifício teve quase 20 minutos de duração e contou com mais de 150 mil disparos pirotécnicos, lançados desde a ponte Luis I e de sete plataformas ancoradas no Rio Douro.

Mas a grande novidade do espetáculo residiu nos elementos multimédia que, harmoniosamente, se intervalaram com a pirotecnia, surpreendendo portuenses, gaienses, entre tantos outros milhares de visitantes que emolduraram as duas margens do Rio, os miradouros, ruas e varandas.

Veja ou reveja todo o espetáculo piromusical do São João 2019:



Porém, a noite de 23 para 24 de junho não se resume ao célebre fogo de artifício que, mais uma vez, abrilhantou com a popular cascata sob os tabuleiros superior e inferior da Ponte Luis I.

A festa sanjoanina começou algumas horas antes, no coração da Invicta, e também na sala de visitas da cidade com o concerto improvável de Marta Pereira da Costa, que se estreou no grande anfiteatro do Porto com o seu quinteto e com dois convidados especiais em palco: o coro Gospel Collective e o cantor portuense Bezegol. Em mais de uma hora de espetáculo a que assistiram milhares de pessoas, o ecletismo foi fator predominante no palco da Avenida dos Aliados, em músicas que abraçaram o fado e a sonoridade da guitarra portuguesa, e ainda o jazz, as mornas cabo-verdianas ou o chorinho brasileiro.

Epicentro da festa, é para a Avenida dos Aliados que a multidão continua a afluir, batidas todas as palmas do fogo de artifício. Agora no palco está João Gil que, no repertório escolhido para esta noite única, vai recordar êxitos da sua autoria, como "Saudade", "125 azul", "Timor", "Postal dos Correios", "Solta-se o Beijo" ou "Perdidamente". Com novos e surpreendentes arranjos, alguns dos temas ganharão nova vida pela voz de cinco convidados de renome: Ala dos Namorados, Ana Bacalhau, Carlão, João Pedro Pais e Tim.

Mas a festa não termina aqui. Por toda a cidade há bailes e arraiais a acontecer. O difícil será mesmo escolher uma das opções do Programa de São João do Porto.