Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Ascensão económica do Porto debatida em Cannes
14-03-2019
O vereador do Pelouro da Economia, Turismo e Comércio, Ricardo Valente, foi orador na conferência "Lisbon & Porto - New European and Atlantic Hubs for Investment", que decorreu nesta quinta-feira, no âmbito do MIPIM.

O principal tema da conferência foi a apresentação das cidades do Porto e de Lisboa como os novos destinos em termos de Talento e TI (Tecnologias da Informação) na Europa. A cidade do Porto foi reconhecida como sendo o cluster tecnológico de maior crescimento na EMEA (Europa, Médio Oriente e África) pela CBRE, líder mundial no setor dos serviços de imobiliário.

Este é um evento de quatro dias que reúne os principais atores do setor imobiliário em toda a sua cadeia de valor, nomeadamente nas áreas de investidores e instituições financeiras, promotores, cidades e autoridades locais, inquilinos, arquitetos, cadeias de hotéis, e confere acesso privilegiado a um número sem precedentes de projetos de desenvolvimento e fontes de capitais a nível mundial.

"O Porto definiu uma estratégia de investimento para os próximos três anos do ponto de vista da presença internacional e, na Câmara do Porto, definimos o MIPIM, em França, e a Expo Real, na Alemanha, como os dois grandes eventos onde marcamos presença", explicou Ricardo Valente.

"Basicamente, o que isto corporiza é a capacidade que a cidade hoje tem de se representar a nível internacional como um player relevante do ponto de vista do investimento. Hoje, e neste primeiro ano, já fomos capazes de trazer 10 parceiros privados do Porto, um conjunto de projetos interessantes do ponto de vista da cidade e estamos a fazer, também, a promoção enquanto destino".

"Na minha intervenção apresentei Portugal, Porto e Lisboa como destinos de investimento do ponto de vista internacional. Falei daquilo que é, nos últimos anos, demonstrativo de renascimento do Porto do ponto de vista de cidade enquanto economia, vocacionada para o turismo; uma cidade que é capaz de oferecer boas oportunidades de investimento no turismo, na instalação de empresas, com oportunidade para a componente residencial e de escritórios. A questão do retail e do comércio também ganhou bastante com toda esta nova dinâmica de cidade. Temos, hoje, uma cidade que é multifuncional do ponto de vista do investimento e é isso que vamos aproveitar aqui [no MIPIM]", concluiu o vereador Ricardo Valente.