Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

As próximas Leituras no Mosteiro têm "viagem" gratuita à Europa de Leste
20-01-2020

Os participantes da próxima sessão de Leituras no Mosteiro, programada para esta terça-feira dia 21, vão explorar textos de autores de origem russa e ucraniana.


De entrada gratuita, a atividade acontece a partir das 21 horas desta terça-feira no Mosteiro de São Bento da Vitória (MSBV), onde está localizado o Centro de Documentação do Teatro Nacional São João, dando sequência ao ciclo que teve início em setembro passado no contexto da EURODRAM (rede informal que promove a tradução e circulação de textos dramáticos contemporâneos) e que contemplou já a Grécia, com Dimítris Dimitriádis, e Inglaterra, com Mark Ravenhill.

Uma das obras em destaque na edição focada na Europa de Leste é "Cabaret Astoria", de Mikhail Heifets, dramaturgo multipremiado de origem russa e combativo dissidente da antiga União Soviética. A peça é precisamente um reflexo dessa mundividência política e confronta o público com a criação de um país novo - aquele que seria o primeiro Estado perfeito do mundo - onde existe "zero de anarquia, zero de ilegalidade".

Com autoria da poeta e tradutora ucraniana Neda Nezhdana, os participantes das Leituras no Mosteiro vão também ficar "Perdidos no Nevoeiro", embrenhando-se numa peça de câmara para quatro personagens, imersas numa atmosfera imprecisa e ameaçadora.

O Centro de Documentação do TNSJ, que está aberto ao público de segunda a sexta-feira, entre as 14,30 e as 18 horas, integra um Arquivo, um núcleo essencial para os investigadores dos campos cénicos e para a preservação de documentos como registos vídeos de espetáculos, textos de teatro, dossiês fotográficos ou materiais promocionais das peças do TNSJ. Localizado no MSBV, contempla ainda uma biblioteca que é considerada a melhor em Portugal no tocante às artes performativas, e disponibiliza gratuitamente a consulta de 5.000 livros, além de compilar vídeos, filmes e documentários sobre teatro e dança, óperas dirigidas por encenadores relevantes e ficheiros de teatro radiofónico.