Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Arranca a 47.ª edição de um Portugal Fashion adaptado às exigências da pandemia
15-10-2020

O 47.º Portugal Fashion arranca hoje no Porto, abrindo com a marca portuguesa Sophia Kah. O regresso aos desfiles presenciais acontece com um corte de 80% no número de espectadores, devido à situação pandémica provocada pela Covid-19.


Será um Portugal Fashion adaptado às exigências da crise pandémica, garante a organização, aquele que se inicia às 12 horas desta quinta-feira, 15 de outubro, e decorre até sábado, dia 17. Entre as medidas adotadas para evitar a propagação do novo coronavírus inclui-se um horário maioritariamente diurno, a limitação de público, desfiles ao ar livre, transmissões multimédia e a definição de um plano de contingência.

O acesso será feito apenas por convite, explica a organização do evento, vai estar restringido a um público profissional (empresários, retalhistas, distribuidores, parceiros industriais e sectoriais, jornalistas, bloggers, digital influencers...) e nunca excederá as 200 pessoas por desfile. O primeiro dia do Portugal Fashion arranca às 12 horas no hotel Neya Porto, que vai ser o palco para a marca portuguesa Sophia Kah fazer a apresentação da nova coleção primavera-verão.

Apesar de atípico, o 47.º Portugal Fashion promete exibir a vitalidade da moda portuguesa numa edição marcada pela estreia da dupla Ernest W. Baker e pela participação dos consagrados Alexandra Moura, Alves/Gonçalves, David Catalán, Hugo Costa, Júlio Torcato, Luís Onofre, Maria Gambina, Marques'Almeida, Miguel Vieira, Katty Xiomara, Sophia Kah, entre outros.

Estão programados 24 desfiles e performances, nos quais vão ser reveladas as coleções primavera-verão 2021 de criadores, marcas (vestuário e calçado/acessórios) e jovens designers (plataforma Bloom destinada a novos talentos).

Numa edição em que se assinalam os 25 anos do Portugal Fashion, o centro nevrálgico do evento volta a ser a Alfândega do Porto. Mas o calendário prevê ainda desfiles noutros locais, como o pátio exterior do hotel Neya Porto.

A Câmara do Porto associa-se uma vez mais ao Portugal Fashion, apoiando o evento com uma verba na ordem dos 50 mil euros.

Consulte todas as informações no site oficial do Portugal Fashion.