Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Aproximam-se duas noites de concertos de música clássica na Av. dos Aliados
04-09-2019

O palco em plena Avenida dos Aliados já está montado para os dois concertos que a Orquestra Barroca Casa da Música e a Orquestra Sinfónica do Porto apresentam à cidade na próxima sexta e sábado, respetivamente, ambos com início às 22 horas. O acesso é livre.


Em mês de recomeços e de despedida do verão, regressa à sala de visitas da cidade um evento cultural que chama milhares de portuenses e visitantes.

Sob direção do maestro Dmitry Sinkovsky, também violinista e contratenor, o concerto da Orquestra Barroca Casa da Música começa com uma sinfonia de dança de Rebel, um estilo inventado por este compositor do barroco francês, figura proeminente das cortes de Luís XIV e Luís XV. O ambiente festivo estará também presente na Música Aquática de Händel, escrita para acompanhar o séquito real britânico em excursão pelo Rio Tamisa, seguindo-se as melodias contagiantes de Vivaldi.

No dia seguinte (sábado), também às 22 horas, o protagonismo é da Orquestra Sinfónica e a direção de Baldur Brönnimann. O concerto tem a música de dança como a principal convidada, chegando nas mais variadas formas e com diversas proveniências geográficas. A utilização dos tamborins, címbalos e triângulo no Carnaval Romano de Berlioz dará o ambiente de uma festa popular, enquanto Ponchielli transportará o público para um baile elegante onde uma valsa passa por ambientes variados.

Do outro lado do oceano, chegará a música do mais famoso bandoneonista da história e grande figura da música argentina, Astor Piazzolla, e ainda a partitura de Mason Bates que funde uma escrita orquestral inovadora com os ritmos da electrónica e do techno.

Agora designado Orquestra no Património, este mini-ciclo resulta de uma organização conjunta da Fundação Casa da Música e da Câmara do Porto.