Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

António Zambujo estreou o palco das Noites do Palácio com casa cheia adaptada às regras de segurança
01-08-2020

A entrada fez-se a conta-gotas pelo Jardim Émile David. Na chegada ao recinto, os assistentes de sala orientavam o público para os lugares, dispostos dois a dois, com 2 metros de distância entre si. A noite caiu e com ela o início do concerto de António Zambujo, memorável para as 650 pessoas que esgotaram o recinto das "Noites do Palácio", a primeira de um ciclo de concertos que hoje, sábado, tem continuidade com os sons quentes do blues e rock The Black Mamba, também já com lotação completa.


Palco montado na Praça do Rossio, o imponente Super Bock Arena - Pavilhão Rosa Mota ali ao lado. Os olhos, de onde quer que eles partissem naquela espaçada sala ao ar livre, concentravam-se no músico e na sua guitarra.

António Zambujo, um dos maiores nomes da música portuguesa da atualidade, teve em si a responsabilidade de abrir o ciclo de concertos das "Noites do Palácio", uma iniciativa da Câmara do Porto, produzida em conjunto pela PEV Entertainment e a Everything Is New, que decorre até 22 de agosto, nos Jardins do Palácio de Cristal, todas as sextas-feiras e sábados.

E fê-lo com brilhantismo. Poucos minutos depois da hora marcada, o concerto começou para, durante cerca de hora e meia, acalorar uma típica noite no Porto, de brisa fresca. Nem as atuais condições, impostas pela pandemia, melindraram o público de interagir com quem, sozinho em palco, incentivava a plateia a trautear, de quando em vez, algumas das suas músicas mais conhecidas, como o "Pica do 7". Para os minutos finais do espetáculo, o músico alentejano reservou uma surpresa: "Porto Sentido", tema de Rui Veloso e Carlos Tê, ecoou nos Jardins do Palácio de Cristal, fechando com chave de ouro a primeira noite do ciclo de concertos.

Num espaço delimitado mas com uma área significativa, todos os lugares estão identificados, cumprindo o distanciamento mínimo obrigatório entre os espetadores que não façam parte do mesmo agregado. E, para evitar qualquer tipo de congestionamento, todas as entradas e saídas têm circuitos próprios com a devida sinalização, a que se soma o apoio continuamente prestado pelos assistentes de sala.

A confiança e a certeza de que é fundamental incentivar a área do entretenimento em Portugal foram as bases que definiram este projeto, determinaram o sucesso da sua preparação e - agora - da sua concretização.

Cartaz "Noites do Palácio"
(início dos concertos - 21 horas)

31 de julho - António Zambujo
1 de agosto - The Black Mamba
7 de agosto - HMB
8 de agosto - Gisela João
14 de agosto - Jorge Palma
15 de agosto - Diogo Piçarra
21 de agosto - Blind Zero
22 de agosto - Rui Veloso