Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Antigos alunos da ESMAE reencontram-se em ciclo de recitais na Casa da Música
13-04-2018
A Escola Superior de Música e das Artes do Espetáculo está a preparar para o mês de maio o "Reencontros 21", um novo ciclo de recitais de piano e concertos de câmara com antigos alunos de diferentes gerações formados nesta escola.

O ciclo constitui um espaço mediador de novos diálogos artísticos e tem como objetivo "destacar o percurso artístico de antigos alunos de piano da ESMAE que, ao longo dos últimos anos, tenham vindo a desenvolver uma atividade artística relevante", aponta a professora-coordenadora Madalena Soveral.

Associando recitais de piano a concertos de música de câmara, o novo projeto pretende criar um espaço que, por um lado, evidencie a especificidade de cada percurso musical e, por outro, favoreça a troca de conhecimentos e de experiências artísticas. "Num espírito de partilha, procura igualmente propiciar um contexto que fomente o encontro entre antigos alunos de diferentes áreas instrumentais da ESMAE, permitindo programar momentos artísticos ricos e variados, respondendo a diferentes gostos e sensibilidades musicais", acrescenta Madalena Soveral.

Marcada para os dias 21, 22 e 23 de maio próximo, a primeira edição dos Reencontros 21, que tem o apoio do "Porto." e da Arte no Tempo, apresenta um grupo de obra de referência do repertório camarístico do século XX, ocasionalmente ouvidas, como é o caso da mítica obra de Stockhausen "Kontakte", para piano, percussão e eletrónica, e das versões para dois pianos de peças orquestrais de Schoenberg, Stravinsky e Ravel.

Numa perspetiva mais abrangente, os recitais abrem espaço a outros repertórios, revisitando algumas das obras mais emblemáticas do repertório pianístico que marcaram os diferentes períodos históricos. Iniciando com as icónicas "Variações Goldberg" por Luísa Tender, pianista com um percurso já firmado, o recital de Nuno Cernadas transporta para as sonoridades únicas da obra de Almeida Prado "Cartas Celestes" (1974), num espetáculo de luz, som e imagem, precedendo no programa duas obras-chave do repertório romântico - "Sonata" de Liszt e "Kreisleriana" de Schumann - por João Casimiro Almeida e Lígia Madeira.

O "Reencontros 21" propõe, paralelamente e ao longo do ano, masterclasses e conferências com músicos e teóricos de prestígio internacional. Nesse âmbito, tem já agendado para dezembro John Rink - uma das maiores autoridades na música de Chopin - que orientará uma masterclasse em torno da obra para piano deste compositor, estando previstas duas conferências para a mesma data.