Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

André Aciman e Pankaj Mishra no último dia do Fórum do Futuro
10-11-2018
Chega hoje ao fim mais uma edição do Fórum do Futuro que, durante a última semana, propôs a criação de um espaço público de encontro para pensadores de diferentes disciplinas, sob o tema "Ágora Club".
 
A primeira sessão está marcada para as 16 horas, na Casa da Música, com "Mito e Música", em que Harrison Birtwistle, um dos principais compositores britânicos da atualidade, e Charlotte Higgins, editora-chefe para a Cultura o "The Guardian", demonstrarão que os mitos da Grécia Antiga ainda têm lugar na música contemporânea. A conversa é moderada por Gillian Moore, diretora de Música no Southbank Centre.
 
O Fórum regressa ao Rivoli, pelas 17 horas, com Brooke Holmes, professora de Estudos Clássicos da Princeton University (EUA) e responsável pelo projeto "Liquid Antiquity". A sessão foca-se na simpatia, conceito que na Grécia Antiga implicava uma relação emocional distribuída por todo o cosmos e por todas as coisas, que conduziu ao conceito de Natureza com "N" maiúsculo. O que podemos aprender com a "antiga" conceção do mundo natural?
 
André Aciman, autor de vários livros, memórias e ensaios, internacionalmente reconhecido pelo romance "Call Me by Your Name", conversará com a jornalista e escritora Anabela Mota Ribeiro sobre a influência que os universos das Antiguidades têm nos seus romances. O início está marcado para as 19 horas, também no Rivoli.
 
A sessão de encerramento, a partir das 21,30 horas no Grande Auditório do Rivoli, vai partir do tema das "ruínas" e da reconstrução da História, do Ocidente ao Oriente, com o intuito de entender as lições das diferentes culturas e reorientar o nosso implacável espírito de mudança.
 
A nova diretora da Architectural Association em Londres, Eva Franch, discutirá com Nick Axel, editor-adjunto da "e-flux architecture", como é essencial compreender a política da estética e as construções emocionais e culturais para a criação de um novo espaço de convergência e de compreensão. No segundo ato, será apresentado o filme "David", de Guan Xiao, que esteve presente na última Bienal de Veneza e que reflete sobre a "reciclagem" socioeconómica da iconografia clássica.
 
O ensaísta e romancista Pankaj Mishra encerra a sessão com um debate, moderado por Gareth Evans, sobre a necessidade de rever a nossa compreensão do mundo e reexaminar as narrativas geopolíticas que lhe estão subjacentes, abandonando a visão eurocentrista e tomando em consideração as experiências de outras sociedades e culturas.
 
As sonoridades dos Candeleros dão forma às expressões contemporâneas da Cúmbia, música de origens indígenas ancestrais que incorporou uma infinidade de danças e ritmos africanos com a ocupação colonialista da América do Sul, e encerram esta edição do Fórum do Futuro com um Baile de Cúmbia, no Café Rivoli, a partir das 23,30 horas e de entrada livre.
 
As sessões do Fórum do Futuro têm entrada gratuita mediante levantamento de bilhete, até ao limite de dois por pessoa. A bilheteira da Casa da Música está em funcionamento a partir das 9,30 horas e a do Teatro Rivoli a partir das 13 horas.