Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Alunos do ensino básico mostram criações artísticas em exposição interativa
18-06-2018
Até sexta-feira, dia 22, quem passar pela Junta de Freguesia do Bonfim poderá encontrar, no Salão Nobre, uma mostra multidisciplinar realizada por crianças do 1.º Ciclo do Ensino Básico do Porto. 

Inaugurada na passada sexta-feira, a exposição interativa resulta do Projeto de Criação Artística promovido pela Câmara do Porto e que funcionou durante o ano letivo em quatro escolas da cidade: EB da Alegria, EB do Campo 24 de Agosto, EB Fernão Magalhães e EB N.ª Senhora de Campanhã.

Na sessão inaugural, que contou com a participação de Fernando Paulo, vereador da Educação, José Manuel Carvalho, presidente da Junta de Freguesia do Bonfim, muitos pais, alunos, professores e envolvidos no projeto, foram apresentadas várias performances e um filme, resultantes do trabalho desenvolvido pelas diferentes turmas.

O projeto artístico foi desenhado e promovido a partir das propostas dos docentes, com o objetivo de ir ao encontro das especificidades de cada turma e de desenvolver competências específicas em cada grupo. Três turmas trabalharam num espaço de ateliê na EB da Alegria onde, semanalmente, construíram esculturas sonoras, instalações e painéis. Uma turma estabeleceu ligação com a comunidade envolvente da escola. Duas turmas participaram num workshop de Gamelão na Casa da Música, integrado no seu projeto. A EB do Campo 24 de Agosto, com um projeto direcionado para as áreas de movimento e drama, fez todas as sessões na Junta de Freguesia do Bonfim e a EB de Fernão de Magalhães e desenvolveu uma parte do projeto na Casa d'Artes do Bonfim.

A orientação e produção da iniciativa foram da responsabilidade de uma equipa multidisciplinar da Associação de Ludotecas do Porto/CLIA_ANILUPA. O resultado congrega um conjunto de esculturas e instalações, máscaras e instrumentos musicais, e performances de movimento e dramáticas, que demonstram todo o processo desenvolvido.

A mostra estará patente até ao dia 22 de junho e é aberta ao público.