Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Aldoar Peça a Peça venceu concurso
30-09-2015

O projeto "Aldoar Peça a Peça - Um Puzzle Participativo" venceu o prémio do Concurso Pontes para o Futuro 2015.  Ontem, dia 29 de setembro, teve lugar nos Paços do Concelho da Câmara do Porto, a final do Concurso Pontes para o Futuro 2015, promovido pela autarquia, no âmbito do CIS Porto - Centro de Inovação Social do Porto, em parceria com a ESLider Portugal.

 

Foram oito os projetos finalistas que responderam aos desafios colocados pela Associação Democrática de Defesa dos Interesses e da Igualdade das Mulheres, pela Fundação Portuguesa "A Comunidade conta a Sida", pela Associação Nova Aurora na Reabilitação e Reintegração Psicossocial, pela Associação de Apoio aos Doentes Depressivos e Bipolares, pela WelcomeHOME - Cooperativa de Solidariedade Social, pelo CAOVIDA CLUB, pela Associação de Ludotecas do Porto e pela Agência de Desenvolvimento Integrado de Lordelo do Ouro.

 

Cada equipa, formada por empreendedor e organização, realizou a apresentação do respetivo projeto a concurso a um painel de júri constituído pelo Prof. Doutor Carlos Brito, Pró-Reitor da Universidade do Porto; pelo Dr. João Kohler, presidente da ANJE - Associação Nacional de Jovens Empresários; pelo Dr. Miguel Neiva, Fellow Ashoka criador do ColorADD, pela Dra. Paula Guimarães, presidente do GRACE - Grupo de Reflexão e Apoio À Cidadania Empresarial, e pela Eng. Raquel Castello-Branco em representação da Câmara do Porto.

 

O projeto "Aldoar Peça a Peça - Um Puzzle Participativo", de Joana Bastos e Marta Antunes, desenvolvido em conjunto com a Associação de Ludotecas do Porto, foi o grande vencedor desta II edição do Concurso de inovação social Pontes para o Futuro. O Projeto vencedor visa promover a convivência entre residentes e não residentes dos bairros sociais de Aldoar.

 

O Grande prémio Pontes para o Futuro é constituído por um prémio monetário de 3.000 euros para o empreendedor - dado pelas empresas parceiras, e por consultoria no acompanhamento da implementação do projeto na organização e correspondente avaliação do impacto, no valor de 5.000 euros, oferecidos pela Câmara do Porto.

 

 

A iniciativa Pontes para o Futuro tem como objetivo principal promover e apoiar a implementação de projetos de inovação e empreendedorismo social na cidade do Porto, mobilizando os cidadãos para resolver problemas concretos identificados por organizações do 3º setor, contribuindo para a criação de valor partilhado entre diferentes atores da cidade do Porto: organizações do 3º sector, cidadãos empreendedores, entidades públicas e privadas.

 

Após a fase de identificação dos problemas por parte das organizações, os mesmos foram dados a conhecer aos cidadãos e lançado o desafio no sentido de proporem soluções inovadoras. Selecionadas as melhores ideias, as organizações escolheram a ideia que melhor respondia ao seu problema e a partir daqui começou um trabalho conjunto entre a organização e o autor da ideia para aprofundamento e consolidação da solução proposta.

 

Manuel Pizarro, Vereador da Habitação e Ação Social da Câmara do Porto referiu a importância deste tipo de iniciativas em prol da coesão social no Concelho "cada pessoa que participa neste Concurso Pontes para o Futuro sente-se um pouco mais enriquecida e nós que assistimos também nos sentimos um pouco mais enriquecidos, ao perceber a energia e a disponibilidade dos outros, isso também contribui para a coesão social da nossa sociedade e para a afirmação coletiva, e para a afirmação de um Porto que sonhamos cada vez maior na criação de riqueza, coesão social, riqueza interior e humana na nossa Cidade. O Concurso Pontes para o Futuro vai trazer a todos esse contributo."

 

A II edição do Concurso Pontes para o Futuro contou com o apoio da Bial, F3M, Fundação EDP, Fundação Mais, Fundação Manuel António da Mota e Montepio.