Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Agência Fitch elogia a gestão do Porto e eleva "rating" da cidade para o grau de investimento
22-12-2017
A agência Fitch Ratings elevou a notação financeira do Porto em dois níveis. O "desempenho orçamental saudável" do município é um dos motivos por que a cidade passa de "BB+" para "BBB". Esta classificação coloca o "rating" do Porto no grau de investimento.

As contas da autarquia liderada por Rui Moreira em 2016 merecem uma avaliação positiva, com a agência financeira a relevar uma performance orçamental "consistente", marcada por uma margem operacional de 24 por cento devida, em boa parte, às receitas. O bom desempenho prosseguiu em 2017, estima a Ficth, que assinala a existência de indicadores "robustos".

No que toca à dívida, faz-se notar que o Município reduziu em 2016 para 33,3 milhões de euros, face aos 80,1 milhões de 2015. Ou seja, o peso da dúvida nas receitas "atingiu um mínimo histórico" de 18% no ano passado, sendo que para 2017 se prevê, de forma sustentável, um aumento da dívida em 20 milhões de euros "para financiamento da reabilitação urbana e infraestruturas públicas".

Após "anos de desalavancagem", é esperado "um crescimento gradual da dívida, em direção a 50% das receitas atuais, a médio prazo", para sustentar "programas de investimento em diversas áreas", com a Fitch a dar como exemplo "a regeneração de várias zonas da cidade".

Perspetivando o crescimento económico nos próximos dois anos, impulsionado também "pelo desempenho saudável dos setores externos e de hospitalidade", a agência elogia a administração "prudente" do Município, considerando como fatores positivos "os relatórios transparentes e abrangentes, a dívida conservadora e as práticas de gestão orçamental" adotadas.

Esta subida é coerente com os últimos estudos da Fich, que pelo menos já em setembro e em junho últimos elogiou as contas da cidade.