Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

A magia do Natal começou hoje no Porto e contagiou milhares de pessoas
30-11-2019
Luzes. Muitas luzes e magia foi o que não faltou na cerimónia de acendimento da Árvore de Natal na Avenida dos Aliados, no Porto, neste dia 30 de novembro. Ao bater das 18 horas, milhares de pessoas já esperavam para assistir à inauguração das luzes da Árvore de Natal e ver o tradicional fogo de artifício que acompanha a cerimónia.

O espetáculo de video mapping "Postal de Natal", projetado na fachada da Câmara do Porto, antecedeu o momento em que as 31.600 lâmpadas LED da árvore gigante se acenderam, acompanhado do fantástico fogo de artifício.

De telemóveis em punho, qual concerto musical, todos queriam registar a beleza do momento para mais tarde recordar ou mostrar a quem não teve a sorte de ir aos Aliados. E houve palmas e assobios de entusiasmo, e o primeiro tema musical que acompanhou o espetáculo foi o clássico "Last Christmas" dos Wham que, mesmo com novos arranjos e em versão somente instrumental, contagiou de imediato o vasto público: de crianças a seniores, famílias ou grupos de amigos, todos dançavam ou se balançavam ao som da música, de olhos postos nas luzes e sorriso na cara.

Este espetáculo, já tradição no Porto desde que teve início o mandato de Rui Moreira, animou, emocionou e fez jus ao espírito natalício que se materializou nas mais diversas emoções e revelações: "Não desiludiu" e "até fiquei arrepiado" foram expressões que se ouviram no final do momento de pirotecnia, lançado este ano numa versão video mapping que surpreendeu e conquistou o público presente. Veja porquê na gravação integral:



Antecipando o momento do arranque oficial da festa de Natal e do acendimento da Árvore e das luzes, que desta vez foram organizadas em conjunto com a Associação de Comerciantes do Porto, o público presente na maior sala de visitas da cidade já se manifestava bastante animado com a celebração: "gosto do Natal desde pequeno e acho que se vive aqui a magia do Natal com muito calor humano; parece que as pessoas ficam mais felizes".

Quase em uníssono, os foliões afirmavam: "esta festa da inauguração das luzes no Porto não se pode perder"; "venho pelos concertos e pelas luzes"; e "é uma categoria o convívio que existe entre a população". Outros diziam: "viemos pela Árvore de Natal"; "não sou do Porto, sou transmontana e gosto de tudo o que fazem aqui no Porto".

Das muitas famílias presentes nos Aliados, a razão da presença era óbvia: "Vimos pelo convívio em família e estamos a adorar. Os amigos também adoram e o tempo está ótimo para tudo, com esta multidão fenomenal".

Rui Moreira, presidente da Câmara do Porto, afirmou em declarações aos órgãos de comunicação presentes que "tentamos fazer sempre melhor a cada ano; temos mais ruas iluminadas, tivemos uma sessão de video mapping, que é uma novidade e acho que as pessoas gostaram da surpresa".

O autarca sublinhou ter contado com a estreia colaboração da Associação dos Comerciantes - "foram eles que nos indicaram onde colocar as luzes" e recordou: "No primeiro ano que cá vim acender as luzes, quase não estava cá ninguém; hoje, estão aqui cerca de 70 mil pessoas. É um acontecimento que ajuda o comércio tradicional".

Quanto à mensagem natalícia do presidente, Rui Moreira expressou votos de que "as pessoas se lembrem que o Natal é acima de tudo uma festa de família e que seja com paz e alegria!".



A festa, essa já havia começado horas antes com atividades do programa "Porto. Cidade das Festas Felizes", que se prolonga ininterruptamente até 6 de janeiro e que levou também hoje à Baixa paradas musicais, coros itinerantes, performances e um espetáculo de rua com o chileno Mimo Huenchulaf.

O palco montado no centro da Avenida dos Aliados recebera também já os músicos consagrados Agir e Ana Bacalhau, que se juntaram aos emergentes Irma e Matay para um concerto preparado em exclusivo para este dia, em que foram interpretados os temas mais conhecidos dos seus reportórios, mas também várias canções populares de Natal.

Já depois do espetáculo da inauguração das luzes, foi a vez da banda retro The Lucky Duckies pisar o palco, numa atuação que recordou os clássicos dos anos 20 a 60 e percorreu alguns dos mais populares temas de Natal incluídos no seu último álbum, "Lucky Christmas", lançado em 2018.

Entretanto, tinham também já aberto muitos dos Mercados de Natal e sido inauguradas as duas pistas de gelo que funcionam em horário alargado na Praça de D. João I e na Rotunda da Boavista, as quais serão de acesso gratuito na manhã deste domingo até às 13 horas.

Escolha a melhor forma de celebrar e divertir-se no programa completo "Porto. Cidade das Festas Felizes" (descarregue aqui em formato .pdf). Prefira os transportes públicos e tenha em conta os condicionamentos de trânsito durante esta quadra festiva.