Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

À conversa sobre o relvado do Estádio do Dragão
13-07-2018
O relvado do Estádio do Dragão é o tema da última sessão antes de férias do ciclo Um Objeto e seus Discursos por Semana, que se realiza pelas 18 horas deste sábado, véspera da final do Mundial de Futebol que se disputa em Moscovo. 

Projetado pelo arquiteto Manuel Salgado e inaugurado em 2003, o Estádio do Dragão assume-se como um ícone não só do desporto como da cultura da cidade e da região norte. Palco de vitórias e derrotas, de emoções ao rubro, o seu relvado é pisado, a cada época, por alguns dos melhores atletas do futebol internacional, acolhendo competições históricas como o jogo de abertura do Euro 2004. Em cada disputa, ficam no relvado o sangue, o suor e as lágrimas dos guerreiros, da equipa visitante e da multipremiada equipa anfitriã.

Mas nem só de futebol se faz a história deste relvado, pisado também por estrelas como os Rolling Stones, os Coldplay ou os Muse.

Na sessão deste sábado, já com lotação esgotada, o diretor programático do Museu FCP, Jorge Maurício Pinto, abre as portas da casa dos Dragões e chama à conversa o empresário Manuel Serrão, conhecido aficionado portista, e Álvaro Teixeira Bastos, engenheiro e gestor da empresa responsável pela manutenção do relvado.

Preferências clubísticas à parte, esta será uma oportunidade para conhecer de perto o emblemático recinto, no ano do 15º aniversário do Estádio do Dragão e do 125º aniversário do clube.

O ciclo municipal dedicado ao património material e imaterial da cidade, que vai já na sua 5.ª edição, faz depois a habitual interrupção estival e regressa a 8 de setembro ao Palácio de Cristal, onde Anabela Mota Ribeiro vai conversar com José Mário Branco, que será então alvo de homenagem na Feira do Livro do Porto.

Saiba mais sobre Um Objeto e seus Discursos por Semana em www.umobjetoeseusdiscursos.com.