Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

35 desfiles de moda fazem o Portugal Fashion desde hoje até sábado na Alfândega
18-10-2018

O regresso de Maria Gambina às passarelas e os 30 anos de carreira de Júlio Torcato são dois dos atrativos do Portugal Fashion, cuja 43.ª edição começa hoje na Alfândega do Porto e apresenta 35 desfiles de moda até sábado, entre divulgação de jovens criadores, escolas de moda e veteranos.

Moda de autor, pronto-a-vestir, calçado e acessórios vão preencher o evento, que termina com a celebração dos 30 anos de carreira do designer Júlio Torcato, na noite de sábado.

Ana Deus (cantora), Pedro Guedes (modelo), Miguel Viana (cabeleireiro), Antónia Rosa (maquilhadora), Inês Torcato (designer e filha de Júlio), Miguel Flor (designer e ex-coordenador do espaço Bloom do Portugal Fashion), Frederico Martins (fotógrafo), Nelson Vieira (produtor de moda), Rúben Rua (modelo) ou Zé Manel (vocalista dos Fingertips) foram alguns dos 30 convidados por Júlio Torcato a intervir numa peça de vestuário da coleção "30" que vai apresentar, reunindo assim pessoas que marcaram momentos da sua carreira, segundo refere a Lusa.

Outra das novidades deste Portugal Fashion é o regresso da designer Maria Gambina, após cinco anos afastada das passarelas para se dedicar ao ensino, bem como as estreias no evento da dupla Marques'Almeida (que esteve recentemente na semana da moda de Paris), de Sophia Kah (presente na semana da moda de Londres), Rita Sá (bloomer) e ainda da apresentadora de televisão Cristina Ferreira, que vai mostrar a sua marca de calçado e de acessórios CF Cristina.

Organizado pela Associação de Jovens Empresários de Portugal (ANJE), o Portugal Fashion volta também a vender presentes solidários da Fundação Infantil Ronald McDonald e, desta vez, o designer que vestiu os dois bonecos solidários - a Maria e o Pedro - foi Nuno Baltazar. A venda dos dois bonecos solidários construídos com retalhos de tecido 100% português, a 35 euros cada um, vai reverter a favor da Fundação Ronald McDonald, entidade que apoia atualmente mais de 2.500 famílias em Portugal, sendo que quem adquirir o casal de bonecos poderá assistir na primeira fila a um qualquer desfile à escolha.