Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Mãos à obra no Dia da Floresta Autóctone
23-11-2015

No Dia da Floresta Autóctone, o município do Porto contribuiu para a sustentabilidade ambiental com a plantação de mais de 20 árvores no Bairro de Santa Luzia. O vereador do Ambiente, Filipe Araújo, contou com a ajuda de dezenas de crianças do pré-escolar nesta missão, que teve como objetivo aumentar e preservar a floresta e as espécies autóctones da cidade.


Os pequenos arboricultores não tiveram mãos a medir na plantação de árvores. Só hoje foram plantadas mais de 20, mas o objetivo é mais ambicioso, e está prevista a plantação de cerca de 60 árvores neste bairro.


Filipe Araújo, vereador do Pelouro do Ambiente e Inovação da Câmara do Porto, salientou a importância da comemoração deste Dia da Floresta Autóctone, como um costume da autarquia, que visa contribuir para a preservação da floresta autóctone. Para além disso, integrar crianças nestas atividades é, também, importante para lhes transmitir a necessidade e mais-valias inerentes ao desenvolvimento da política ambiental da cidade.


De relembrar que a Câmara do Porto colabora ativamente com o "FUTURO - projeto das 100.000 árvores na Área Metropolitana do Porto", que tem como objetivo rearborizar áreas degradadas com espécies nativas, fundamentais para diversificar a paisagem, enriquecer a biodiversidade, capturar carbono, melhorar a qualidade do ar, proteger os solos, regular a água e contribuir para a melhoria da qualidade de vida das pessoas.


Saiba mais sobre a política ambiental da autarquia AQUI.