Porto entra na rede europeia de videotecas digitais gratuitas
O serviço europeu de 'video on demand' AVA está a chegar a Portugal e é lançado na Biblioteca Municipal Almeida Garrett pelas 18,30 horas da próxima quarta-feira.
Porto entra na rede europeia de videotecas digitais gratuitas
O serviço europeu de 'video on demand' AVA está a chegar a Portugal e é lançado na Biblioteca Municipal Almeida Garrett pelas 18,30 horas da próxima quarta-feira.
O serviço europeu de 'video on demand' AVA está a chegar a Portugal e é lançado na Biblioteca Municipal Almeida Garrett pelas 18,30 horas da próxima quarta-feira.

A partir de uma parceria com o Doclisboa, participante no projeto, aquela biblioteca do Porto e outra de Lisboa entram nesta rede europeia que tem por objetivo facultar o acesso gratuito a cinema em vídeo através de computadores instalados nas bibliotecas municipais.

A sessão de lançamento do projeto em Portugal acontece no Porto com a presença da codiretora do Doclisboa, Cíntia Gil, e do realizador Edmundo Cordeiro. O seu filme "Todas as Cartas de Rimbaud", sobre a relação de Maria Filomena Molder com as cartas do poeta francês, será exibido na ocasião.

Além desse, 20 outros títulos do Doclisboa'17 estarão disponíveis ao público de forma continuada.

Criado no ano passado através de uma plataforma de divulgação de festivais de cinema, o projeto AVA, teve início com sete festivais de curtas-metragens europeus, sob a coordenação do Reelport que, em 2018, alargou o convite a quatro certames de documentário: Doclisboa, Jihlava, Beldocs e Sheffield.

O objetivo principal é o de levar o cinema às bibliotecas, dotando-as de novas oportunidades para os leitores, buscando novos públicos e formas de ver e distribuir cinema.
Porto. Diário.
Escola das Artes dedica semana aberta ao cinema
A Escola das Artes da Universidade Católica do Porto abre amanhã o programa público da Porto Summer School on Cinematic Art que, durante uma semana, leva uma série de atividades de entrada livre a diferentes espaços culturais.
Escola das Artes dedica semana aberta ao cinema
A Escola das Artes da Universidade Católica do Porto abre amanhã o programa público da Porto Summer School on Cinematic Art que, durante uma semana, leva uma série de atividades de entrada livre a diferentes espaços culturais.
A Escola das Artes da Universidade Católica do Porto abre amanhã o programa público da Porto Summer School on Cinematic Art que, durante uma semana, leva uma série de atividades de entrada livre a diferentes espaços culturais.

O programa inclui projeção de filmes com debates, conferências e abertura de exposições cinemáticas, contando com a participação de seis artistas: Apichatpong Weerasethakul, Salomé Lamas, João Pedro Rodrigues & João Rui Guerra da Mata, João Salaviza e Filipa César.

A lição de abertura é da responsabilidade de Isabel Capeloa Gil ("Film and the Technological Unconscious") e está marcada para as 10 horas de segunda-feira, no Auditório Ilídio Pinho.

Consulte o programa detalhado, aqui.
Porto. Diário.
Partilhado com sucesso