Inscrições para os campos de férias de verão 2017 abrem nesta sexta-feira
Abrem amanhã as inscrições para a Missão Férias@Porto, os campos de férias municipais preparados para crianças e adolescentes que queiram ter um verão cheio de aventura. Esta edição conta com 10 semanas de atividades, entre 26 de junho e 1 de setembro e a estreia de um segundo polo de animação: o renovado Parque Desportivo de Ramalde.
Inscrições para os campos de férias de verão 2017 abrem nesta sexta-feira
Abrem amanhã as inscrições para a Missão Férias@Porto, os campos de férias municipais preparados para crianças e adolescentes que queiram ter um verão cheio de aventura. Esta edição conta com 10 semanas de atividades, entre 26 de junho e 1 de setembro e a estreia de um segundo polo de animação: o renovado Parque Desportivo de Ramalde.

Amanhã abrem as inscrições para a Missão Férias@Porto, os campos de férias municipais preparados para crianças e adolescentes (dos 6 aos 15 anos) que queiram ter um verão cheio de aventura.


Esta edição conta com 10 semanas de atividades, entre 26 de junho e 1 de setembro, este ano com uma grande novidade: a estreia de um segundo pólo de animação em julho, no renovado Parque Desportivo de Ramalde, a juntar ao Complexo Desportivo do Monte Aventino, onde habitualmente se realizam estes campos de férias.


Preparado e acompanhado por profissionais, a Missão Férias@Porto inclui uma oferta variada: atividades desportivas (em pavilhão, piscina e ao ar livre), passeios, visitas a museus, atelieres e workshops, sessões de cinema, acampamento, jogos e muita brincadeira. O programa decorre de segunda a sexta-feira, entre as 8,30 e as 18 horas.


As inscrições podem ser efetuadas a partir de 26 de maio, diretamente na Rede de Piscinas Municipais do Porto (Cartes, Constituição ou Engenheiro Armando Pimentel) e no Complexo Desportivo do Monte Aventino. É necessário apresentar os cartões de cidadão (de encarregado de educação e educando) e a ficha de inscrição preenchida (pode ser obtida nas receções das instalações municipais referidas ou descarregada aqui).


Para facilitar a gestão financeira das famílias, voltam a existir descontos para as inscrições em mais de uma semana e com dois ou mais filhos.



 

+Info: Para obter mais informação contactar a Missão Férias@Porto através do telefone 937700085 ou do email missaoferias@portolazer.pt.

Porto Ponto. Diário.
Cascata comunitária de São João já está em construção
Começaram hoje as oficinas de criação das peças para a Cascata Comunitária de São João, a inaugurar-se no dia 18 de junho no Posto de Turismo da Avenida dos Aliados. No Centro Social de Fonte da Moura, em Aldoar, um grupo de seniores moldou em barro a tradição sanjoanina.
Cascata comunitária de São João já está em construção
Começaram hoje as oficinas de criação das peças para a Cascata Comunitária de São João, a inaugurar-se no dia 18 de junho no Posto de Turismo da Avenida dos Aliados. No Centro Social de Fonte da Moura, em Aldoar, um grupo de seniores moldou em barro a tradição sanjoanina.
Começaram hoje as oficinas de criação das peças para a Cascata Comunitária de São João, a inaugurar-se no dia 18 de junho no Posto de Turismo da Avenida dos Aliados. No Centro Social de Fonte da Moura, em Aldoar, um grupo de seniores moldou em barro a tradição sanjoanina.

Até 14 de junho, pretende-se construir cerca de 250 casas em pelo menos 20 oficinas. As ações envolvem comunidades de sete bairros das freguesias do concelho, escolas e famílias, moradores do Centro Histórico, comerciantes da Baixa e público em geral. De uma forma amplamente participada, integradora, resultará a Cascata de todos.

Calendário das oficinas
25 a 31 maio | 10:00-12:00 | Oficinas em sete bairros da cidade (uma por freguesia)
25 maio | 14:00-16:30 | Oficina para a população em geral na BOA - Bombarda Oficinas de Artes (Rua Adolfo Casais Monteiro, 59)
1 a 4 junho  | 10:00 e 12:00 | Oficinas para escolas e famílias no Pavilhão Rosa Mota 
6 e 8 junho |10:00-12:00 | Oficinas para a comunidade do Centro Histórico no Posto de Turismo da Sé
10 e 11 junho | 10:00-12:00 e 15:00-18:00 | Oficinas para a comunidade do Centro Histórico
12 junho | 10:00-12:00 | Oficinas dirigidas ao Comércio Local na Baixa do Porto
De 25 de maio a 14 de junho, entre as 14:00 e as 20:00, será ainda possível a inscrição pontual em oficinas extra (para termarbranco@gmail.com) Local: BRÂMICA - Oficina de Arte e Terapia, na Rua S. Crispim, 486 - Loja 25.

A par da Cascata Comunitária, o início de outro projeto coletivo marca hoje o arranque do programa das Festas de São João do Porto: a construção de balões de fogo para uma Largada na noite de 21 de junho, em celebração do Solstício de Verão.
Porto Ponto. Diário.
Igreja da Trindade está em vias de classificação como Imóvel de Interesse Público
Foi publicado no Diário da República o anúncio relativo à abertura de procedimento que poderá levar à classificação da Igreja e Hospital da Trindade como Imóvel de Interesse Público.
Igreja da Trindade está em vias de classificação como Imóvel de Interesse Público
Foi publicado no Diário da República o anúncio relativo à abertura de procedimento que poderá levar à classificação da Igreja e Hospital da Trindade como Imóvel de Interesse Público.
Foi publicado no Diário da República o anúncio relativo à abertura de procedimento que poderá levar à classificação da Igreja e Hospital da Trindade como Imóvel de Interesse Público.

O pedido de classificação, formulado pela Celestial Ordem Terceira da Santíssima Trindade, tem o apoio da Câmara do Porto e realça as características oitocentistas do edifício, que fica situado nas traseiras dos Paços do Concelho. Entre os principais argumentos estão a importância urbanística do imóvel, o seu valor arquitetónico e artístico e a importância histórica e social da Ordem da Trindade.

A igreja, de inspiração neoclássica, foi construída 1892 mas só abriu as portas ao culto em 1941.
Porto Ponto. Diário.
Os minivendedores estão de regresso
O mercado Mini Porto Belo está de regresso a 3 e 4 de junho, para uma edição integrada na Festa da Criança. Entre as 11 e as 18,30 horas, dezenas de minicomerciantes vão vender artigos e mostrar os seus dotes ao público que visitar a festa.
Os minivendedores estão de regresso
O mercado Mini Porto Belo está de regresso a 3 e 4 de junho, para uma edição integrada na Festa da Criança. Entre as 11 e as 18,30 horas, dezenas de minicomerciantes vão vender artigos e mostrar os seus dotes ao público que visitar a festa.

O mercado Mini Porto Belo está de regresso a 3 e 4 de junho, para uma edição integrada na Festa da Criança e já estão abertas as inscrições para participar.


Os primeiros quatro dias de junho serão de muita brincadeira nos Jardins do Palácio de Cristal, com a edição de 2017 da Festa da Criança. Entre as dezenas de atividades integradas no evento estará o mercado Mini Porto Belo, marcado para sábado e domingo, dias 3 e 4.


Entre as 11 e as 18,30 horas, dezenas de minicomerciantes vão vender artigos (como brinquedos, jogos, roupas ou livros) e mostrar os seus dotes, talentos e especialidades ao público que visitar a festa.


Entre os vários mercados urbanos do Porto com selo municipal, o Mini Porto Belo é o único dedicado a vendedores infantis.

 

+Info: As inscrições dos vendedores podem ser feitas através do preenchimento do formulário da organização ou do envio de um email para miniportobelo@gmail.com com a seguinte informação: nome e idade da criança; nome e telemóvel do acompanhante; horário pretendido e produto ou talento a apresentar no mercado.

Porto Ponto. Diário.
Instalação de fogo ALUMIA o Largo Amor de Perdição
Uma instalação de fogo com performance musical, pela companhia francesa Carabosse, promete tornar, no sábado à noite, o Largo Amor de Perdição e sua envolvente num universo fantástico de luz e sombra. Entre as 21 horas e a meia-noite, as chamas iluminarão o coração do Porto em novo momento de criação artística integrado no programa ALUMIA.
Instalação de fogo ALUMIA o Largo Amor de Perdição
Uma instalação de fogo com performance musical, pela companhia francesa Carabosse, promete tornar, no sábado à noite, o Largo Amor de Perdição e sua envolvente num universo fantástico de luz e sombra. Entre as 21 horas e a meia-noite, as chamas iluminarão o coração do Porto em novo momento de criação artística integrado no programa ALUMIA.

Uma instalação de fogo com performance musical, pela companhia francesa Carabosse, promete tornar, no sábado à noite, o Largo Amor de Perdição e sua envolvente num universo fantástico de luz e sombra. Entre as 21 horas e a meia-noite, as chamas iluminarão o coração do Porto em novo momento de criação artística integrado no programa ALUMIA.

 

Apresentada numa altura do ano em que é inevitável a ligação simbólica aos balões de fogo do São João, "Porto Chama" é o nome de uma instalação que sugere ao público uma viagem sensorial guiada pelo fogo à luz da história da cidade.


Num palco que se estende entre o Largo do Amor de Perdição e as áreas circundantes, a noite será iluminada por um espetáculo que mistura objetos de fogo controlado, num conjunto poderoso e onírico de anéis, cornucópias, arcos, baloiços, vasos e bolas de fogo. Ao mesmo tempo, a atmosfera será invadida pelos sons de um duo de músicos, iZorel e BjoRt, que acompanham a instalação com um género muito próprio.


Apesar da sua grande escala, a instalação não deixará de manter proximidade e intimidade com o público, caraterísticas do trabalho do coletivo artístico francês Carabosse.

 

Dinamizado pela PortoLazer, ALUMIA é o programa cultural criado para celebrar o 20.º aniversário da classificação do Centro Histórico do Porto como Património Mundial da Humanidade.

 

No âmbito do ALUMIA, foram já lançados dois roteiros artísticos no território classificado pela UNESCO, inaugurados, respetivamente, em dezembro de 2016 e em março passado.


Aproveitamos para recordar que, também no contexto deste programa, hoje à noite (22 horas) é inaugurada no Elevador da Lada a instalação luminosa e sonora CX LUX. Esta intervenção, da autoria de Pedro Tudela e Miguel Carvalhais, pode ser apreciada até final de julho.

Porto Ponto. Diário.
"O Tesouro da Abissínia" conta em fotos e texto viagem ao quotidiano da Etiópia
Pedro Mesquita e Paula Mourão Gonçalves inauguram a exposição "O Tesouro da Abissínia" no Centro Português de Fotografia (CPF), situado na Antiga Cadeia e Tribunal da Relação do Porto, pelas 21,30 horas desta sexta-feira.
"O Tesouro da Abissínia" conta em fotos e texto viagem ao quotidiano da Etiópia
Pedro Mesquita e Paula Mourão Gonçalves inauguram a exposição "O Tesouro da Abissínia" no Centro Português de Fotografia (CPF), situado na Antiga Cadeia e Tribunal da Relação do Porto, pelas 21,30 horas desta sexta-feira.
Pedro Mesquita e Paula Mourão Gonçalves inauguram a exposição "O Tesouro da Abissínia" no Centro Português de Fotografia (CPF), situado na Antiga Cadeia e Tribunal da Relação do Porto, pelas 21,30 horas desta sexta-feira.

Evocando o passado de um dos mais antigos estados do mundo, que chegou a ser uma grande nação, "O Tesouro da Abissínia" cruza a memória de um passado mais recente com a atualidade, num autêntico diário de viagem vivido pelo jornalista Pedro Mesquita - radiofónico por profissão e fotográfico por vocação - e pela mulher, Paula Mourão Gonçalves, ex-jornalista que mantém a escrita como paixão.
O diário foi escrito, aliás, aquando da visita dos autores à Etiópia por convite à participação na Bienal de Fotografia de Adis Abeba.  

Aos incisivos retratos do quotidiano de um país que, há décadas, se mantém no nosso imaginário como o paradigma de uma nação pobre e endemicamente com fome, juntam-se crónicas que ajudam a conhecer melhor o que foi e ainda é a Etiópia, mas deixando adivinhar um apelo simultâneo à atenção internacional e à esperança de um povo que não desiste.
Porto Ponto. Diário.
Partilhado com sucesso